Chico Balanceado da vovó

Uma das sobremesas mais clicadas! É uma versão arqueológica do Chico Balanceado, saborosa e leve e talvez “não-tão-doce” como as receitas com leite condensado, obviamente menos calórica! Já tinha publicado algum tempo atrás em italiano (receita aqui).

chico-balanceadp-new

Ingredientes
3-4 bananas
100g de açúcar
50ml de água
Creme
500 ml de leite
50g de açúcar
3 gemas
80g de amido de milho
Baunilha
Merengue
3 claras
200g de açúcar

Preparo
Caramelar as bananas
Corte as bananas em rodelas e reserve.
Leve o açúcar ao fogo para derreter, sem mexer, quando ficar dourado junte a água quente e misture com a colher de pau até derreter todo o açúcar.
Agora junte as bananas cortadas por poucos segundos, (só para pegarem a cor) e despeje tudo em um pirex ou refratário colocando por cima o caramelo que sobrou.
Deixe esfriar bem.
Creme
Bata as gemas com o açúcar até ficarem cremosas e soft. Agora junte o amido de milho e a baunilha. Bata bem para misturar o composto.
Leve o leite para aquecer em uma panela larga, quando estiver para ferver despeje o creme mexendo sempre até adensar. Então tire do fogo.
Agora despeje com cuidado sobre as bananas carameladas que devem estar bem frias. Ao esfriar, o creme fica quase duro, bem firme assim forma as camadas.
Merengue
Bata as claras em neve com uma pitadinha de sal, depois junte o açúcar continuando a bater até ficarem bem firmes (cerca de 5 minutos na batedeira).
Montagem
Com o auxílio de um saco de confeiteiro (ou colher mesmo) coloque o merengue sobre o creme.
Aqueça o forno na modalidade grill e ponha o Chico Balanceado para dourar o merengue por cerca de 2-3 minutos.
Pronto. Agora deixe na geladeira até a hora de servir.

Pubblicato in arqueologia culinária, doces/dolci, sobremesas | Contrassegnato , , , | Lascia un commento

Massa com sardinhas

A desprezada sardinha em lata que foi ultrapassada pelo atum, deve encontrar os seu devido lugar, porque é saborosa e não perde em nada. Basta saber valorizar. Se você tem possibilidade de usar as sardinhas frescas, melhor ainda! Eu fiz com sardinhas em lata.

sardela2n

Ingredientes
500g de massa tipo espaguete
2 latas de sardinhas (250 g no total)
5 tomatinhos
1 dente de alho esmagado
2 colheres de sopa de cebola picadinha
1 colher de sopa de cebolinha verde
azeite

Preparo
Em uma frigideira bem larga refogue o alho e a cebola no azeite.
Junte os tomatinhos cortados, deixe mais uns 5 minutos e depois acrescente as sardinhas, retirando antes o óleo de conservação.
Cozinhe a massa na água salgada no tempo indicado na conservação. Retire poucos minutos antes, reservado um copo de água da fervura.
Ponha a massa na frigideira com a sardinhas refogadas, termine o cozimento juntando a água reservada. Deve ficar cremoso.
Agora, fora do fogo, coloque a cebolinha picada e sirva! Super!!

Pubblicato in massas/pasta, peixes/pesci, Senza categoria, vegetariano | Contrassegnato , , , | Lascia un commento

Bolachinhas para Natal

Receita antiga e das boas, além de usar pouca manteiga, não precisa muito tempo para juntar os ingredientes, logo o ponto fica bom. Eu faço sempre com sal amoníaco diluído no leite porque dá uma consistência mais macia  e ao mesmo tempo crocante. É um biscoito com sabor simples e rende muito!!! 

bolachas-natal1xb

Ingredientes
2 ovos
1 x açúcar
2 colheres de manteiga
½ x de leite morno com 1 colher de sal amoníaco ou 1 c. de fermento em pó
2 colheres de casca de limão ou laranja picadinhas
400 gramas de farinha de trigo (aproximadamente)

Misture tudo, a massa é bem macia, mas firme. Deixe descansar por 30 minutos na geladeira e depois abra a massa com um rolo tomando o cuidado para não deixar muito fina.  Dê a forma de sua preferência e asse a 180 graus por 12-15 minutos. Tire quando começarem a ficar douradas, elas endurecem ao esfriar.
Depois de frias cubra com glacê.

2. Glacê de acúcar confeiteiro:
250 g de acúcar confeiteiro
2 a 3 colheres de leite
Coloque o açúcar em uma vasilha e junte aos poucos o líquido, pode ser leite, suco de laranja ou limão, também pode-se colocar corante de alimentos. Misture com uma colher até ficar bem denso (tudo frio). Cubra as bolachinhas e enfeite com motivos natalinos.

Pubblicato in doces/dolci, Natal, pães&biscoitos/pani&biscotti, Senza categoria | Contrassegnato , , | Lascia un commento

Massa à siciliana com pão torrado temperado

O pão torrado e moído  até alguns anos atrás, no sul da Itália, era usado no lugar do queijo ralado: por esse motivo era chamado de “parmesão dos pobres”. Hoje foi resgatado e é usado em muitíssimas receitas. É só liquidificar o pão, temperá-lo e depois dourar bem. Ótimo para aproveitar o pão amanhecido!  É uma receita simples com poucos ingredientes e rápida de fazer (vegetariana!!!!)

sicilia3n

Ingredientes
500 g de espaguete
300g tomatinhos picados
1 cebola média
1 dente de alho
300 g de pão amanhecido (francês, de forma)
salsa, alecrim, sálvia, manjerona (à gosto)
4-5 alcaparras
2 colheres de casca de limão  siciliano
azeite
sal e pimenta
pimentinha vermelha (à gosto).

Preparo
1. Liquidifique o pão, depois junte os temperos: salsa, alecrim, orégano, manjerona, alcaparras e bata mais uma vez.
2. Ponha em uma frigideira larga 4-5 colheres de azeite, o pão liquidificado com os temperos e deixe dourar bem.  Junte a casca de limão. Reserve.
3. Prepare um molho simples: Pique  a cebola, alho e os tomatinhos e refogue com azeite e tempere com sal e pimenta, cozinhe pouco, só o tempo de murchar a cebola (não deve ser um molho farto).
4. Cozinhe o espaguete e escorra al dente.
5. Misture o espaguete com o molhinho de tomate, depois junte tudo ao pão temperado e tostado.
Eu acrescentei sementinhas de gergelim preto (opcional!).

Pubblicato in massas/pasta, vegetariano | Contrassegnato , , , , , | 1 commento

Involtini (Bife enrolado à moda italiana)

Clássico para fazer o molho da macarronada de domingo, principalmente no sul da Itália. Deve cozinhar pelo menos uma hora para a carne ficar bem macia e o molho denso e com muito sabor. O recheio é simples e surpreendente. Segundo o ritual local, serve-se o macarrão com o molho e os bifes enrolados separados.  

bife8news

Ingredientes
8 bifes grandes e finos de coxão mole
100 g de queijo tipo pecorino ou outro queijo picante cortado bem fininho ou mesmo ralado
100g de presunto tipo parma
500g de tomate pelado
4-5 tomates picados (casca e tudo mais)
1 cenoura
2 dentes de alho
salsa picada
½ copo de vinho tinto
manjericão
½ cebola
1 colherinha de café de açúcar
azeite
sal e pimenta a gosto

bife1n

Preparo
Bata os bifes entre duas folhas de papel manteiga, devem ficar finos.
Polvilhe com o queijo pecorino, coloque um pedacinho de alho em fatias e a salsa picadinha. Complete com uma fatia fina de presunto parma.
Enrole e firme com um palito para não abrir.
Em uma panela larga, aqueça o azeite e doure os bifes dos dois lados.
Junte a cebola, a cenoura e a salsa bem picadinhas. Deixe secar bem.
Agora ponha o vinho e deixe evaporar.
É hora de por os tomates pelados e a mesma quantidade de água. Ponha os tomates frescos picados e acerte o sal, juntando também o açúcar.
Acrescente o manjericão, tampe e deixe no fogo baixo por uma hora e meia, mexendo a cada quinze minutos. O molho deve ficar bem concentrado!
Agora pode servir os bifes enrolados a gosto. Com o molho tempera-se a massa e serve-se os bifes separados.
Buon appetito!

bife5n

Pubblicato in arqueologia culinária, carnes/carni, pratos principais/piatti unici, Senza categoria | Contrassegnato , , , , | Lascia un commento

Massa com abobrinha e zabaione de espumante

Nesta receita simples e charmosa tem dois detalhes que fazem a diferença: o zabaione e a pimenta rosa. Fica uma delícia pura, a pimenta rosa é bem delicada e saborosa e o zabaione tem uma consistência cremosa que é um show.

zabaione3n

Ingredientes
500g massa
400g abobrinha
2 dentes de alho
50g de bacon picado
3 colheres de azeite
2 colheres de sopa de parmesão
pimenta rosa a gosto
zabaione
3 gemas
1 xicrinha (de café) de espumante ou prosecco (50ml)
1 xicrinha (de café) de água da massa (50g)
sal
pimenta preta

zabaione1new

 

Preparo
Aqueça o  azeite e junte os dentes de alho inteiros e o bacon e deixe dourar bem.
Tire o alho e junte a abobrinha picada e deixe dourar bem (a abobrinha deve ficar bem sequinha e crocante). Reserve.
Aqueça a água para a massa, salgue e leve a ferver no tempo indicado.
Enquanto isso prepare o zabaione:
Numa tigela junte as gemas, o prosecco, a água da massa, sal e pimenta.
Leve em banho-maria e com o batedor de claras bata bem (sem parar!!!!) até o zabaione ficar espumoso e volumoso (dois a três minutos). (Cuidado para não formar grumos).
Escorra a massa e misture com a abobrinha refogada e o parmesão.
Agora coloque o zabaione sobre a massa, misture levemente e coloque a pimenta rosa triturada. Sirva!!

Pubblicato in massas/pasta, Senza categoria | Contrassegnato , , , , , , | Lascia un commento

Biscoito integral com aveia e coco

Cheio de sabores, e sem manteiga, sem leite, sem ovos. Estes biscoitinhos são fáceis de fazer: é só misturar os ingredientes. Inspirados na receita do blog da Benedetta, são como todas as receitas dela, fáceis e práticos de fazer. Depois de misturar bem logo fica com uma consistência perfeita para dar a forma desejada. Eu fiz uma bolinha com as mãos e achatei com uma colherinha. Ficam super crocantes, são ótimos para acompanhar o café.

aveia3n
Ingredientes
100g de farinha de trigo
100g de farinha de trigo integral
100g de coco ralado seco (use sem açúcar)
100g de aveia em flocos
100g de açúcar mascavo
1 colherinha de bicarbonato de sódio
100ml. de água
50ml de óleo
2 colherinhas de suco de limão

Preparo
Coloque numa tigela grande a farinha de trigo, a integral e o coco ralado seco. Depois os flocos de aveia, o açúcar e a colherinha de bicarbonato.
Agora comece a acrescentar os ingredientes líquidos: o óleo, a água e o suco de limão.
Misture todos os ingredientes com uma colher. No início parece que não vai misturar, mas não se preocupe, continue com as mãos até ficar homogêneo (se for preciso coloque pouquíssima farinha de trigo).
Pegue um pouco da massa com uma colherinha e faça bolinhas. Ponha na assadeira forrada com papel manteiga (importante). Depois achate cada bolinha com a colherinha.
Leve assar a 200 graus (forno quente!) por 15 minutos. Deixe esfriar, ficam super crocantes, e guarde em latas ou vidros.

Pubblicato in doces/dolci, pães&biscoitos/pani&biscotti, vegetariano | Contrassegnato , , , , , | 2 commenti

Panna cotta com suco de uva

A “panna cotta” é uma clássica sobremesa italiana para todas as ocasiões. Pode ser servida com vários tipos de acompanhamentos, com redução de frutas (uva, ameixa, pêssego, morango e outras frutas vermelhas), molho caramelo, chocolate (abaixo duas opções).  Fiz com redução de suco de uva preta, super perfumada. Quando é tempo de uva faço o suco e depois congelo para ter sempre disponível, acho que é a melhor combinação possível para a panna cotta.

dav

Ingredientes
500 ml de creme de leite fresco
100 ml de leite
100g açúcar
10 g de gelatina em folha
1 colherinha de essência de baunilha

Preparo
Coloque as folhas de gelatina na água fria para amolecer por 10-15 minutos.
Aqueça o creme de leite, o leite e o açúcar.
Retire as folhas de gelatina da água fria e escorra-as bem.
Junte ao creme mexendo bem para ficar homogêneo e dissolver tudo, não deixe ferver!
Agora coe diretamente nas forminhas individuais ou numa refratária a gosto.
Deixe na geladeira por 3 a 4 horas.
Vire para servir ou sirva na própria forminha.

Redução de suco de uva
200g de suco de uva integral
100g açúcar
Leve ao fogo até ficar denso, deixe esfriar e sirva sobre a panna cotta.

Molho de chocolate
150g de chocolate amargo em gotas ou picadinho
100g creme de leite fresco
Aqueça o creme de leite, tire do fogo e junte o chocolate.
Espere um ou dois minutos e depois misture bem até ficar cremoso e denso.

 

Pubblicato in doces/dolci, frutas, geleias, Senza categoria, sobremesas | Contrassegnato , , , , | Lascia un commento

Torta de escarola, azeitonas e uva passa

Escarola, espinafre, chicórea, ou outra verdura verde de folha, mesmo com o sabor levemente amargo fica adocicada nesta receita. Sem uso de laticínios ou ovos no recheio, é uma preparação muito mediterrânea, típica do sul da Itália. A torta fica baixinha, é muito saborosa mesmo fria. A uva passa combina muito com a azeitona (sabedoria antiga), e as folhas meio amargas, muito usado para lanches ou jantar rápido.

escarolaprontabis

Ingredientes
Massa
500g de farinha de trigo
250g de manteiga
3 gemas
1 colherinha de sal
1 colherinha de açúcar
Recheio
1 kg de escarola ou chicória típica italiana
2 dentes de alho
3 colheres de azeite
1 xícara de azeitonas sem caroço
½ xícara de uva passa
sal e pimenta preta.

escarolaforma

Preparo
Massa:
Junte a manteiga e a farinha, depois as gemas, o sal e o açúcar (trabalhe com as mãos), primeiro fica como uma farofa e aos poucos forma uma massa homogênea.
Deixe descansar meia hora na geladeira enrolada em papel filme. Divida em duas partes. Uma parte para forrar a forma e uma menor para cobri-la.

Recheio:
Lave as folhas de escarola e corte-as em tirinhas bem fininhas.
Aqueça o azeite, junte os dentes de alho até fritar bem, depois elimine-os.
Junte a escarola e deixe refogar (sem tampa para não formar água) por 5 minutos.
Ponha o sal e a pimenta preta.
Deixe esfriar.
Forre uma forma com uma parte da massa e coloque a escarola refogada (cuidado para que não tenha líquido!), espalhe as azeitonas e as passas.
Cubra ou decore com retalhos de massa.
Leve assar por 40-45 minutos a 180 graus.

escarolacrua

Pubblicato in arqueologia culinária, entradas/antipasti, pratos principais/piatti unici, salgadinhos, vegetariano, verduras/verdura | Contrassegnato , , , , | Lascia un commento

Abóbora caramelada

Prato que lembra minha casa em Joaçaba e a comidinha do dia a dia. Típico do sul do Brasil, usado como acompanhamento de carnes, arroz, até de feijão, pode ser servido como sobremesa. A foto é da amiga Inovete Recalcatti, banqueteira de mão cheia!

aboboracaramelada-x

Ingredientes
1kg de abóbora (no sul usa-se a moranga cabotiá, a da casca verde)
300g de açúcar
½ litro de água
5 cravos-da-índia
2 unidades de canela em pau
3 unidades de anis-estrelado

abobora1n

Preparo
Corte a abóbora em pedaços médios, retire as sementes, mas deixe a casca.
Leve ao fogo numa panela (larga e baixa de preferência) o açúcar e a água, mexendo somente até o açúcar dissolver.
Deixe ferver por 10 minutos, até obter uma calda espessa. Enquanto a calda estiver apurando, não mexa para não açucará-la.
Acrescente os cravos e as canelas e anis e junte a abóbora com a casca virada para cima.
Cozinhe por 30 minutos com fogo baixo, até a abóbora ficar macia e bem dourada, e cuidando para não queimar, salve com gotas de água se for preciso.
Tire delicadamente da panela e coloque em uma travessa, despejando a calda por cima.

abobora2n

Pubblicato in doces/dolci, frutas, sobremesas, vegetariano, verduras/verdura | Contrassegnato , , , | Lascia un commento